COMUNICADO

GENTE QUERIDA

MUITAS AMIGS NÃO ESTÃO CONSEGUINDO COLOCAR SEUS COMENTÁROS AQUI NO MEU CANTINHO.

ALGUMAS DISSERAM QUE CONSEGUIRAM COMENTAR COM O MOZILA...TENTE TAMBEM...QUEM SABE DÁ CERTO

BEIJINHOS

AMO VOCES!

domingo, 17 de julho de 2011

OVOS FRESCOS

Marido conta ,que quando era pequeno, ele e os irmãos tinham cada um suas galinhas. Quando uma galinha gritava no terreiro avisando que já tinha mais um ovo, era a maior correria pra ver quem tinha ficado " mais rico". Sim, porque os ovos eram trocados na venda por cadernos, lápis e borrachas, alem de doces, ou juntava-se a dúzia e vendiam...assim aprenderam todos a cuidar de suas galinhas e a terem suas próprias economias.
Então aqui em casa quando a galinha grita no terreiro sempre alguém fala, quem será que ficou mais rico?



Um velho balde virou ninho

Aqui quando as galinhas gritam no terreiro, é sinal de mais ovos frescos na minha cozinha...





Tenham todas uma semana de vitórias!!!!!
beijinhos
Tina

15 comentários:

  1. quanta saudades, na casa da minha mãe tinha um quintal enorme...tinha galinheiro com um monte de galinhas...e eu não gostava muito so comia a gema....hoje eu como clara e gema mas paresse que nao são tão saudaveis...beijos a todos

    ResponderExcluir
  2. O vida boa essa nossa né Tina,como é bom viver na roça,beijos bom domingo.

    ResponderExcluir
  3. Que linda sua cestinha de ovos.
    Ivelise

    ResponderExcluir
  4. Apareceu umas galinhas do sítio vizinho a minha chácara e botaram aí uns 5 ovos em um cantinho onde eu tenho vasos de flores.Que bom!Os galos e galinhas d´angola são tb muito bonitos.
    Envie notícias das corujinhas, aquelas fofuras!!
    Um forte abraço,
    Marilei/ Marilia-sp

    ResponderExcluir
  5. eu adoooooooooooro ovo....principalmente mexido....se eu pudesse comeria ovos mexidos todos os dias....mas mamis fala que faz mal!

    ResponderExcluir
  6. voltei.....a Lucinha me passou o desafio mas somente hoje consegui terminar a postagem, pois nao foi facil escolher 10 coisas que gosto entre um milhao delas! risos....quando puder faça uma visita:
    http://anacristinap.blogspot.com/p/10-coisas-que-gosto.html
    boa semana

    ResponderExcluir
  7. Tina,

    Eu troco um bife de filé por um ovo. Amo de paixão. Ainda mais ovinho fresquinho da roça..ai ai..

    Eu compro aqui perto de casa. Outro dia fui lá e a mulher falou...Oh my God! kkkk as galinhas não estão botando muito nesse frio..kkk Em Inglês..kkk com sotaque caipira..amo!
    Ela só tinha 11 ovos..kkkk comprei assim mesmo. Você acredita que cheguei em casa e quando fui tirar da caixa ainda tinha ovos quentinhos e resquinhos...que delícia.

    Pelo menos isso eu não posso reclamar, não é mesmo? Rs

    Gostei da história do marido. Uma grande lição para começar a valorizar o que se ganha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá Tina. Adorei o seu post, aparentemente simples falar de ovos e das histórias à volta deles, da riqueza ter uma galinha poedeira no passado ainda presente nos mais antigos.
    Acabei de escrever o meu livro de memórias até ao principio do meu casamento e curiosamente tem trecho que fala sobre isto mesmo...
    Na aldeia onde a minha mãe nasceu no dia de Páscoa, o padre vinha a casa buscar o folar, chamada côngrua.A minha avó entalava uma moeda numa laranja e punha-a na mesinha. Uma sua vizinha muito pobre abeirou-se da minha avó" oh comadre Luz empreste-me aí uma moeda de 2$50 para dar ao padre, tenho uma galinha a pôr, com os que tenho faz meia dúzia e dou-lhes se o filha da puta do padre não tiver vergonha e os alevantar da mensa"...dantes as pessoas falavam mal...
    Obrigada por me fazer lembrar velhos tempos.
    A foto do ovo partido é magnifica, fresquinho, fazia um pão de ló delicioso
    Beijos
    Isabel

    ResponderExcluir
  9. Rsrsrsrsrr, tudo serve como diversão, né?
    Já criei galinhas aqui em casa, mas agora não muitas.Meu marido adora, mas anda sem tempo.
    Cá pra nós...nada melhor que um ovo da gema amarelinha para fazer bolo, heim?
    Mande uns cá pra mim...rsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  10. Oi,Tina!
    Sempre gostei de galinhas,mas nunca tive a chance de criá-las... Mas agora, curiosamente, posso dizer que tenho cá umas galinhas no nosso quintal! Eu explico... O meu vizinho da parte de trás do terreno da nossa casa, cria algumas galinhas, e de vez em quando elas vem parar aqui no quintal da gente! (Rs...)E acordo sempre com a impressão de que estamos bem pertinho da roça... O galo canta de manhã e escuto o cacarejar das galinhas lá no meu quarto... E eu acho isso tão bom!
    Mas gostoso mesmo deve ser comer estes ovos fresquinhos,hein? (Rs...) Quem sabe um dia, ganho uns ovinhos de presente do vizinho? (Rs...)
    Beijos e uma semana abençoada e tranquila pra vocês!!!
    Teresa
    ("Se essa lua fosse minha")

    ResponderExcluir
  11. Como acima diz a Isabel, também na aldeia onde eu nasci os ovos estão muitas vezes associados ao folar da Páscoa. Nesta altura é quando as galinhas poedeiras são deveras importantes, pois os seus ovos são precisos para os bolos de azeite, pão de ló, e doces caseiros. Adorei o post, pois quem viveu e cresceu numa aldeia, onde as galinhas e ninhadas de pintainhos são quase omnipresentes é sempre delicioso recordar estes animais domésticos.
    Apesar de viver na cidade tenho a sorte de poder consumir todo o ano ovos caseiros, sempre que vou visitar os meus pais, trago sempre comigo ovos caseiros. Privilégio que era bom poder estar ao alcance de todos.
    Com amizade,
    Paula

    ResponderExcluir
  12. Oi Tina eu adoro ovos, imagine ter ovos fresquinhos...que delicia, mas tbém acho lindo quando nascem os pintinhos e ficam correndo atrás da mãe.Dê uma passadinha lá no blog que tem selinho para você.Bjim`´ boa semana e fique com Deus.

    ResponderExcluir
  13. CRIS COM ARTE E MANHA20 de julho de 2011 09:12

    OLÁ TINA ,PASSEI PRA FAZER UMA VISITINHA, QUE LINDA HISTÓRIA DO SEU MARIDO NA INFÂNCIA , LINDO JEITO PARA SE EDUCAR SOBRE DINHEIRO, ISSO É ENSINAR COMO DEFENDER O DINHEIRINHO. TENHO GALINHAS E GOSTO MUITO DOS OVOS CAIPIRA.

    BEIJOS DE PAZ.

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho um galinheiro no quintal, mas confesso que às vezes o gritar escandaloso delas me irrita... =/ E o pior é quando o galo faz o escândalo junto.
    Adorei a recordação, qdo a gritaria aqui começar vou lembrar do conto que cada ovo é $$$ chegando... =D

    ResponderExcluir
  15. Aaaaai que saudades de brincar de achar os ninhos lá no Paraná, onde meus Nonos moravam...
    E quando achava algum ovo com casca azulada? Queria trazer prá São Paulo no final das férias... rsss...
    Ai que saudade booooa!
    beijinhos e obrigada por compartilhar...

    ResponderExcluir

fico muito feliz com seu comentário
Obrigada por participar