COMUNICADO

GENTE QUERIDA

MUITAS AMIGS NÃO ESTÃO CONSEGUINDO COLOCAR SEUS COMENTÁROS AQUI NO MEU CANTINHO.

ALGUMAS DISSERAM QUE CONSEGUIRAM COMENTAR COM O MOZILA...TENTE TAMBEM...QUEM SABE DÁ CERTO

BEIJINHOS

AMO VOCES!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

CARNE NA LATA

A carne de porco na lata, utilizando a gordura como conservante era muito comum na época em que não havia geladeira ou outra forma de se conservar, mas ainda hoje é muito usado este método por aqui.
O porco é engordado durante meses, com milho e lavagem ( todo resto de comida, cascas de legumes, abóboras etc), no chiqueiro  a vida dele é, comer, beber agua é dormir...tem que engordar né?
Quando nos mudamos para cá, vindos de Jundiaí, era adolescente ainda, tinha a maior birra quando mamãe ou a Mãe Cota (minha avó) me mandavam trocar a água do chiqueiro,  colocar lavagem no côcho varrer e pegar todos os sabugos...eu ia...mas dava tanta ânsia que os porcos ficavam até com pena de mim rsrsrsrs.
E era por isso mesmo que me mandavam, todos riam do meu sofrimento...

No dia de matar o porco era como um ritual para toda a familia que passava o dia inteiro mexendo com as carnes, o toucinho, linguiças, a gordura etc etc.
Um dia antes os homens da casa já se preparavam , muita palha de pinheiro, as facas eram afiadas, e no dia bem cedinho pegavam o grande porco, mamãe nunca nos deixou ver matar o porco, até hoje nunca vi, e nem quero ver...tadinho!!
E passavamos o dia todo preparando, fritando e guardando a carne de porco em grandes latas com gordura...o sabor, a textura e a maciez da carne na lata são inigualáveis.
Até alguns meses atraz aqui no meu cantinho tambem preparavamos a carne de porco assim, mas marido está com a tacha de colesterol alta...então ...acabou-se a carne na lata, o toucinho salgado e a linguiça de porco no fumeiro...

Esta creio que foi a última vez que enchi meu fumeiro

e daí...encheu a boca d'água?

Como faço Carne na lata


È um processo demorado, primeiro a banha do porco é frita em um tacho, reserva o torresmo ( minha avó fazia sabão com este torresmo...eu adorava comer com mandioca) . Essa banha coloco em uma lata bem limpa e bem seca. O pernil ou o lombo, faço em grandes pedaços, deixando cozinhar devagar, até apurar ( fritar na própria banha) não pode ficar água de jeito nenhum...depois de bem apuradinha, mergulho dentro da banha da lata, tem que cobrir toda a carne, não pode ficar nem um pedacinho de fora, senão embolora...tampa a lata com um pano, só depois de bem frio coloca-se a tampa, senão  a tampa transpira e estraga a carne, ás vezes fica com o pano de um dia para o outro.
Ao esfriar, a banha talha e forma uma camada protetora, impedindo o contato com o ar. Assim, a carne pode ser guardada por meses sem precisar ir à geladeira. Depois, é só pegar os pedaços, esquentar e comer.




Gente é muuuuuito bom!
Estou aqui salivando rsrsrsrsrsrs

beijinhos

16 comentários:

  1. Tina
    Era assim mesmo que minha mãe fazia quando matava-se porco antigamente na minha casa.
    Eram muitas latas de banha e a carne conservada como vc explicou,aí que delícia que era.
    Minha mãe fazia linguiça,chouriço ,roletinho,suan,torremos,só de lembrar minha boca saliva....rsss.
    Um dia vou passar aí para saborear uma carninha dessa....rss.
    Estou querendo voltar em Carmo e passarei por aí..
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estou respondendo estou agradecendo .....muito obrigada por colocar esta receita na net. meus pais sempre faziam , mas como éramos crianças não prestávamos muita atenção ...hoje me lembrei, quero dizer lembro-me sempre , mas hoje resolvi procura a receita....tanta saudades daquela carne deliciosa na banha kkkkk vou fazer. OBRIGADA

      Excluir
  2. Tina, tina...Lembro-me da minha avó tirando pedaços de carne de dentro de uma lata, daquelas que parecem as de tintas atuais.Ai, ai...saudades!
    Irei mostrar este seu post para o maridom, pois a paixão dele é essa carne de lata.ele já me propôs comprar uma dessa lata para guardar a carne que ele disse que quer encomendar lá de Governador valadares, eu aguento isso????????????
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. AIIIIIIIII TINA CHEGA DOER A MINHA BARRIGUINHA DE VONTADE,Ô CUMADRE TÚ SERÁ CURPADA SE EU TIVER UM ENTREVEIRO, POIS VC DEIXA NÓIS AQUI DO GOSTO CAIPIRA DE ÁGUA NA BOCA MUIÉ! QUE FOMEEEEEE EU AMO UMA LEITOINHA, EM PORTUGAL NA REGIAO DA MINHA FAMÍLIA ELES COMEM MUITO CARNE DE PORCO E FAZEM INTÉ CHURRASCO DAS MANTAS DO PORCO EH TREM BÃO SARDADE ,TINA BJOS AMEIIIIII!

    ResponderExcluir
  4. Mas essa vc desenterrou,em Tina??? Quando criança passa as ferias na fazenda de um tio, ele tinha a casa na cidade e a casa da fazenda...minha mãe sempre qui ficar na fazenda, mas lá não tinha energia, nem fogão a gas...era totalmente rural, eles tinham plantações e gado...era o maximo...me lembro que minha mãe usava esse esquema da carne na lata...muito bom...
    Amiga, vc me fez voltar ao passado, relembrar momentos muito felizes da minha infancia...que delicia...lembrar da minha mãe...10 anos sem ela...quanta coisa lembrei!!!
    só voce pra ir tão fundo...
    bjokas

    ResponderExcluir
  5. Quando criança já observei esse processo todo na casa da minha avó, que morava numa fazenda.Certa vez, vi um tio jogando alcool e colocando fogo no corpo do porco para tirar os pêlos.Mas, sem dúvida a carne tem lá seus sabores especiais. E essa conserva na banha vale também para a carne de boi.

    ResponderExcluir
  6. Oi Tina,

    Que me matá muie!
    Eu amo carne na lata. Que saudade desse tempo na fazenda de minha avó. Que tempo maravilhoso, mas você sofreu com esses porquinhos, hein? rsrs

    Esse fogão à lenha é o máximo, meu sonho é ter um.

    Abração e vorta logo!

    Deus te abençoe, beijos.

    ResponderExcluir
  7. Hummmm, que delicia!!!Sabe que na minha viagem missionária a Estevão de Araujo- MG, tive o privilégio de provar destas delicias, a carne na lata era para conservar, pq muitos não tinham refrigeradores, mas foram dias maravilhosos, Deus alcançando vidas e até hoje sinto o mover daqueles dias, amei e senti saudades!!!Te desejo uma semana de bençãos!!!bjss

    ResponderExcluir
  8. Oi Tina meu nome é Adriana, moro em Cachoeiras de Macacu, Rj(interior) e gostaria de saber se as únicas partes que devem ser usadas para fazer a carne na lata são, pernil ou olombo; ou podem ser usadas outras parte que tenham osso, como as costelinhas ou, os ossos não devem fazer parte do processo? Nesse caso a carne deve ser retirada do osso e cozida até ficar bem sequinha como vc explicou? Quando vc diz pra fritar na própria banha quer dizer em uma parte destinada para isso ou pode ser aproveitada a banha conseguida com a fritura do toucinho que está separada na lata? Pode ser acrescentado água aos poucos no cozimento? Desculpe se faço perguntas demais é que minha mãe fala tão bem dessa época. Pena que ela não lembre como minha vó fazia. Quero fazer-lhe uma surpresa. Agradeceria se pudesse me responder.
    Bom final de semana
    Deus os abençoe

    ResponderExcluir
  9. eu moro no sitio e matamos porco,,, antes eu sabia fazer ..com o passar do tempo esqueci,,,hoje estou recordando,,,como fazermatar um porco e guardar sua carne em latas era muito bom,,,vamos fazer denovo com meu esposo...pois adoramos mexer com isso obr..

    ResponderExcluir
  10. Muito bom isso, Somente quem se criou no interior sem energia elétrica ou algum parente que tenha ido visitar conhece este procedimento de conserva. Hoje em dia a gente vai a um açogue e compra a carne e a gordura, é mais fácil do que criar e matar um porco, fica igual e muito saboroso e fácil de fazer.
    No Perú e Bolívia é um prato que se come até em bancas na rua com papas ( batatas), uma delícia......... poderia contar muitos casos onde a gente se reuniu e fez estas fritadas. HUMMMMM

    ResponderExcluir
  11. TENHO FRIZER MAS MEU MARIDO CISMOU QUE QUER COMER CARNE NA GORDURA E LÁ VOU EU. OBRIGADO PELA DICA!

    ResponderExcluir
  12. TAMBÉM JÁ FIZ COM MINHA MÃE GELEIA DE MOCOTÓ BRANCA AQUELA COM LEITE GENTE MUITO BOM ALGUÉM AI TEM A RECEITA EU PERDI.

    ResponderExcluir
  13. Devo iniciar a produção de PORCO NA LATA nos mês de fevereiro EM ESCALA SEMI INDUSTRIAL em WENCESLAU BRAZ no Paraná. Como é muito trabalhoso e a dificuldade DE SE PRODUZIR O PORCO A SER ABATIDO, pois trabalharemos só com PORCOS CAIPIRAS com poucas unidades que serão disponibilizadas. ( cristovamwb@gmail.com )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom dia Cristovam, moro em itararé. possuo uma pousada. e gostaria de saber se esta produzindo carne de lata e como comprar o seu produto..

      Excluir
  14. Oi Tina!
    Qual o tempero devemos usar para a carne de lata?

    ResponderExcluir

fico muito feliz com seu comentário
Obrigada por participar