COMUNICADO

GENTE QUERIDA

MUITAS AMIGS NÃO ESTÃO CONSEGUINDO COLOCAR SEUS COMENTÁROS AQUI NO MEU CANTINHO.

ALGUMAS DISSERAM QUE CONSEGUIRAM COMENTAR COM O MOZILA...TENTE TAMBEM...QUEM SABE DÁ CERTO

BEIJINHOS

AMO VOCES!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

FAXINANDO

O assoalho era de tábua corrida, cozinha, banheiro e varandas de ladrilho vermelho.
Mamãe sempre muito cuidadosa mantinha tudo brilhando.
A cêra ela mesma preparava, hoje vemos como era perigoso, mas naquele tempo parecia tudo tão normal!
Derretia em banho maria um tablete de cêra, se não me engano chamava-se " Santo Antonio", depois de derretido colocava gasolina, mexia bem, e era a cera que eu e minha irmã, ajoelhadas no chão, tínhamos que passar, bem passadinho, em cada cantinho...depois abriamos as folhas de jornal no chão, como uma passadeira, ou um tapete (não sei porque) até secar.
O mais difícil era depois de seco, precisávamos deixar brilhando...aí entrava o nosso escovão... grande e pesado...primeiro  passávamos só com a escova, depois com um pano de lã por baixo.





prá lá..., prá cá...prá lá...pra cá....Com aquele escovão pesado, deixávamos tudo num brilho só... às vezes papai nos ajudava, meu irmão tambem tinha que nos ajudar, e ele não gostava nadinha!
O tempo passou e um dia para nossa alegria, mamãe e papai chegaram da cidade com uma enceradeira...era triangular, com tres escovas, e tinha tres de feltro para o acabamento do brilho.


Foi uma alegria!!! as coisas estavam ficando mais fáceis agora até brigávamos na hora de polir o assoalho... e chegávamos a passar cera até encima da mesa da sala de jantar, e equilibrando a enceradeira deixávamos a mesa como um espelho.
Hoje,para alegria das donas de casa, nem  escovão, nem encaradeira, nem cera...tudo muito mais fácil.
Graças a Deus!!!

beijinhos
Tina

************
                                   imagens da Net

26 comentários:

  1. KKKKKKKKKK Lá na casa da mamãe tem um escovão até hoje. Mas como você disse os tempos mudaram...

    ResponderExcluir
  2. Tina, tinha me esquecido disso!
    Lá na casa da minha avó tinha um pesadão que servia de brinquedo.Brincadeira que acabava por deixar o chão vermelho brilhando.hahahahaahahah
    Só vc para me transportar no tempo!Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Adorei saber dessa história! Adoro história do tempo de "quando era pequena/o". E adorei ainda mais ver essas fotos. Não conhecia esses escovões!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  4. Quanta coisa ficou lá atrás,né? Legal,Tina!beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Tina querida!
    Viajei... Voltei no tempo.
    Enquanto lia passava insights em minha mente.
    Primeiro o escovão depois a enceradeira (era um luxo) e hoje que maravilha! E as vezes ainda reclamamos.
    Obrigada pelo seu carinho e sua amizade.
    Abraços e uma linda noite pra ti.

    ResponderExcluir
  6. Olá Tina vc me fez lembrar que eu pegava uma blusa de lá velha para deslizar melhor, ai colocava minha filhinha sentada em cima do escovão ela se segurava no cabo e eu ficava brincando com ela e deixando meu chão impecável eu e ela adoravamos a brincadeira riamos muito,kkkkkk,tenha um lindo final de semana e a enceradeira até fiz uma postagem com uma que minha mãe me levou a pouco tempo aqui em casa adorei sua postagem,bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Tina do ceu voce e demais....tinha ate esquecido que minha mãe tambem derretia cera,mas a sorte que eu era muito magrinha a tarefa do escovão não deixavam eu passar... que saudades daquele tempo....mas eu tinha que buscar lenha no quintal que eu detestava....beijos a todos

    ResponderExcluir
  8. kaka, eu tambem tinha me esquecido disso!! eu passei muito esocvao aqui em casa rsrsrs tinha um piso vermelhao mas por aqui mamis nao fazia a cera......mas eu me lembro da minha avo fazendo cera....jogando gasolina na latinha no fogao!!! gente, que horror era aquilo rsrsrs jogar gasolina no fogao pra fazer cera rsrsrsrsrs boa lembrança, tina.....boa lembrança!!! bjo

    ResponderExcluir
  9. Tina, só vc mesmo para nos lembrar desses tempos de esfregão para lá e para cá, com chão vermelho de ceramica ou de cimento queimado.
    Meu maridão disse : tenho arrepio só de olhar e lembrar....uuuuuuu

    ResponderExcluir
  10. Sorte a nossa que a vida hoje está mais fácil :)

    ResponderExcluir
  11. Tina,

    Eu ri muito. Lembrei desse esfregão. Na casa de minhas tias elas usavam. E não era ladrinho, era chão de cimento amarelo ou vermelho. Esqueci o nome desse tipo de piso. Só que ficava brilhando mesmo. ALiás, o povo da roça, quando dá pra ser caprichoso, dá gosto.
    Agora você vai rir..kkkk Eu tive dessa enceradeira de três escovas e da mesma cor.kkkk Eu tinha vergonha dela, e escondia atrás do guarda-roupa.kkkkkk Ninguém sabia por que meu chão brilhava tanto. Aquelas bonitonas e brilhosas, só ricos que tinham.kkkk Estou rindo muito. Amo quando você posta essas coisas. Rs

    Tina, você pode fazer mil coisas com estopa. Eu queria fazer um trilho de mesa, mas o saco estava meio rasgado. Rs Aproveita muié. Quando o marido se destrair, você passa à mão nos sacos de estopa. Quando ele ver tudo lindo e decorado, não vai ficar bravo. Rs
    Pensei muito em você enquanto costurava a almofada.
    Tenha uma linda Primavera! Beijos

    ResponderExcluir
  12. Lembro-me bem das escovas que a minha mãe e minhas avós utilizavam para lavar o soalho e para encerar. Na Páscoa "pra lá, pra cá, pra lá, pra cá...", era “obrigatório”. Todo o chão tinha de brilhar. Também era hábito passar cera nos móveis, puxando o lustro com um paninho. Outra coisa que lembro, era um papeis para decorar os bordos das prateleiras, que eram fixados com “pioneses”, para alindar. Com a tesoura fazia-se uns biquinhos.
    Tempos de um outro romantismo e para o qual agora parece não haver tempo.
    **** grandes e Bom FDS

    ResponderExcluir
  13. minha querida! lembro que minha mãe tinha um desse. O chão ficava brilhando!Hoje ficou tudo tão facil e ainda reclamamos do trabalho de casa!kkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Tina querida minha vó tinha um escovão e eu falava pro meus filhos mas eles nunca tinha visto um,agora eles já conhecem,tenho uma enceradeira da arno ,uso no quintal que faço questão de encerar a moda antiga,quando estou usando a enceradeira as crianças da rua vem todas para o meu portão ,é um barato .um lindo final de semana bjs e bençãos Déia.

    ResponderExcluir
  15. Tina, eu encerava nossa casa também. Tínhamos uma enceredeira muito parecida com a da foto. Bj

    ResponderExcluir
  16. Oi Tina, Deus abençoe sua vida, usei tambem esse escovão por muito tempo quando era mocinha,os tempos mudaram né,hoje só passo pano úmido no meu piso,mas dá saudades desses velhos tempos.me siga tben.www.liapintura.blogspot.com bjs

    ResponderExcluir
  17. tina passando para visitar teu cantinho e dizer vc faz nos viajamos no tempo um bjs tudo de maravilhoso em tua vida !!!!!!

    ResponderExcluir
  18. Era assim mesmo! Todo sábado... Retira a cera antiga com palha de aço e depois todo o ritual... Eu ainda tenho um escovão... Só que o meu está sem a escova. Gostaria muito de comprar uma escova pra ele. Será que ainda existe? Se você souber e puder me informar ficarei grata.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. José Luiz B Vasconcelos8 de dezembro de 2012 13:48

    Agora a tarde eu estava sentado na frente de casa tomando uma cervejinha tranquilo, aí passou um guri com um escovão destes (só o ferro velho),eu chamei e perguntei o que ele fazia com aquilo e se ele sabia o que era. Fiz uma enquete e ninguem sabia o que era, inclusive pessoas já de idade, quando eu expliquei o meu filho de 16 anos duvidou. Aí eu fiz a pesquisa. Viva a internet, viva a modernidade, mas me deu uma saudade do meu tempo de muleque na fazenda.

    ResponderExcluir
  20. As pessoas não se interessam pela propria historia! Que pena!Saudades do tempo do escovão!

    ResponderExcluir
  21. Enontrei o seu cantinho porque quero melhorar o da minha familia.Estou pesquisando solucões simples para deixar o piso mais bonito e fazer uma reforma barata sem descaracterizar a fazenda antiga.Na minha casa não tinha nem mesmo o escovão para lustrar, eu pegava um pedaco grande de cobertor, dobrava, colocava meu irmao mais novo em cima e saia puxando com ele agarrado como se estivesse montando um cavalo e so parava quando ele capotava.Que alegria!Acho que vou comprar cera pastosa e fazer isso com o meu filho de seis anos e ver se minha filha de dezessete se interessa tambem.O assoalho esta mesmo precisando de um cuidado.Obrigada pela oportunidade de reviver esses momentos e despertar para sua importancia. Um abraco!

    ResponderExcluir
  22. Gostei da histoeria...................eu usava na minha ex.... minha patroa............ai q ruim isso...........o escovão me dava era muito calo nas mãos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...............

    ResponderExcluir
  23. Não cheguei a conhece esse esfregão, mas sei que era muito perigoso mesmo, minha vó teve queimaduras de 3º grau , em um acidente com a cera quente....minha contava que o chão fica um brilho só....

    ResponderExcluir
  24. Eu sentava meu sobrinho no escovão para dar ainda mais brilho...kkkkkk...a casa ficava perfumada, com aquele cheiro de tudo limpo, sabe. Amo seu blog. Beijos carinhosos. Cris

    ResponderExcluir

fico muito feliz com seu comentário
Obrigada por participar